quarta-feira, 20 de maio de 2009

Já volto (mensagem agendada)

Hello.

Se não houver atrasos, por esta hora devo estar no avião, a caminho da Suiça.
Vou fazer uma surpresa ao meu pai que hoje faz 50 anos.


Irei passar uma semana lá, volto na próxima quarta-feira.

Beijinhos.

terça-feira, 12 de maio de 2009

Lindo, muito bem pensado.

Recebi há dias este vídeo por mail que achei fantástico e não resisti a partilhar:



video

Tradução:

"No mundo, 1 pessoa morre a cada 10 segundos de Sida"

sábado, 9 de maio de 2009

VOLTEI.......

Olá meninas... e meninos.

Andei sumida uns tempos, mas não foi por maldade.
Mas como foi tanto tempo, vou colocar as novidades em dia aos pouquinhos.
Primeiro tive cá os meus pais que vieram ao aniversário da minha filhota.
Quando foram embora ainda andei uma semanita até que tudo voltasse à normalidade.
Entretanto o meu computador passou-se da cabeça e não acedia à internet.
Quando finalmente ficou bom, deu-me a preguiça a mim, até porque nem me tenho dedicado muito a culinárias. Tenho andado mais entretida com ponto cruz, decoupage e entretanto inscrevi-me num curso para aprender arraiolos.
É o que dá estar desempregada, não se ganha dinheiro, mas arranjo sempre o que fazer e ando numa correria o dia todo como se estivesse a trabalhar.

No post anterior falei-vos do aniversário da minha piolhita.

Como não podia deixar de ser, fiz uma festinha.
Não foi nada de especial, até porque nestes dias, prefiro ter muito tempo para a minha filhota e para os meus convidados, que foram muitos, do que própriamente para a comida.
Nas entradas fiz uns rissóis, camarões, sapateira, salada de marisco e um pão vitale, com as farinhas nacional, para acompanhar com um doce de abóbora que fiz entretanto, mas que desapareceu antes de me lembrar de o fotografar.
Para a papinha, fiz um caldo verde e mandei assar um leitão à bairrada, que é uma das comidas típicas cá da zona.
De sobremesas não fiz nada fora do normal.
Uma baba de camelo, uma salada de frutas, uma tarte de corn flakes, que já nem me lembro de onde a tirei, um doce de ferrero rocher, que também não faço ideia de onde saiu, uma tarte delícia de iogurte, mas este lembro-me que saiu do blog da luísa, e uma tarte pastel de nata, essa receita é de família, mas ei-de fazer outra para colocar aqui a receita.
Falha imperdoável, foi a falta de fotos da mesa de sobremesas que ainda tinha uma trança que trouxe numa visita a Oliveira de Azemeis.
Mas para não ficarem muito tristes, mostro-vos uma foto do bolo de aniversário.
Este ano decidi armar-me um esperta e inventar um bolo "diferente", pelo menos na hora de partir, não deu assim tanto trabalho. Hihihi

O meu marido cortou 3 quadrados de uma placa de isolante, daqueles azuis, que nem sei como se escreve.
Aparafusou-as umas às outras e depois foi só forrar com papel alumínio.
Fiz 3 tipos diferentes de massa, uma de chocolate, uma de pão de ló e outra de laranja.
A minha filhota ainda é muito pequenina, mas mesmo assim fiz-lhe uma surpresa.
Escondi o "bolo" na cave até chegar a hora de apagar as velinhas.
Coloquei um CD com a música dos parabens para todos fazerem o acompanhamento e apaguei todas as luzes.
Coloquei um monte de foguetes nas laterais e entrei assim na churrasqueira com o bolo.
Quando se começou a cantar os parabens, ela fez uma cara de quem ia começar a chorar, mas passado uns segundos abriu um sorriso e começou a cantar também.
Nesta foto ainda dá para perceber a cara dela de "não sei se rio ou se choro".

Volto brevemente com mais novidades destes últimos tempos.

Beijocas a todas e desculpem este tempo todo ausente.